Ontem escrevi um post questionando se as milhas oriundas do Clube Smiles ainda contariam para qualificação na proporção 10:1. A dúvida tinha origem nos termos do novo regulamento, que determina que apenas as milhas obtidas com os cartões Smiles co-branded e as parceiras aéreas poderiam contar para a qualificação. O item 10.1.2.1 é taxativo ao afirmar que as demais milhas Smiles acumuladas não geram milhas qualificáveis.

Eis que no fim da noite de ontem, a empresa enviou um email em que afirma que o benefício continuará vigente nas novas regras do programa:

Seria um tremendo tiro no pé se as milhas do Clube não mais gerassem milhas qualificáveis. Ainda bem que, nesse caso específico, a empresa mostrou bom senso ao manter as regras vigentes.