Hoje foi a entrega dos prêmios Skytrax, o Oscar da aviação mundial. Assim como o Oscar, muita gente considera que o prêmio dado pela consultoria britânica é, no mínimo, polêmico. Ano passado, por exemplo, a Lufthansa entrou para o seleto grupo das cias aéreas 5 estrelas no Skytrax por conta da sua nova classe executiva que só estará disponível a partir de 2020 …

De qualquer modo, gostando ou não gostando, o prêmio é um indicador interessante para a escolha dos nossos resgates com milhas e pontos.

Melhor Primeira Classe

A Singapore pulou de 5o lugar em 2017 para a primeira posição em 2018, desbancando a Etihad. A lista tem algumas coisas bem estranhas como, por exemplo, a British Airways estar nela … Aliás, a companhia inglesa pulou do 19o lugar em 2017 para a 11a posição em 2018.

E além disso: à frente da SWISS, da Garuda e da JAL. Outra companhia que não deveria estar aqui é a American Airlines … Quem saiu do ranking para dar lugar à AA foi a Malaysia Airlines.

1 - Singapore Airlines
2 - Etihad Airways
3 - Air France
4 - Lufthansa
5 - Emirates
6 - ANA All Nippon Airways
7 - Qatar Airways
8 - Cathay Pacific Airways
9 - Qantas Airways
10 - Thai Airways
11 - British Airways
12 - SWISS International Air Lines
13 - Garuda Indonesia
14 - Japan Airlines
15 - Oman Air
16 - Saudi Arabian Airlines
17 - Asiana Airlines
18 - China Southern Airlines
19 - Korean Air
20 - American Airlines

Melhor Classe Executiva

Aqui não resta a menor dúvida: o serviço de bordo aliado às QSuites deixam a Qatar nadar de braçada na categoria. A Singapore Airlines tirou o 2o lugar da ANA em 2018. Já a Lufthansa caiu da 5o para a 8a posição.

Depois de voar com a EVA Air, eu acho uma heresia ela ter ficado na 10a posição, atrás da Qantas, Lufthansa e Turkish. Também acho que a Delta poderia estar nessa lista por conta do hard product  nos A350.

A lista é basicamente a mesma de 2017, com algumas alterações nas posições das cias aéreas.

1 - Qatar Airways
2 - Singapore Airlines
3 - ANA ALl Nippon Airways
4 - Emirates
5 - Etihad Airways
6 - Qantas Airways
7 - Cathay Pacific Airways
8 - Lufthansa
9 - Turkish Airlines
10 - EVA Air
11 - Hainan Airlines
12 - Garuda Indonesia
13 - Austrian Airlines
14 - Japan Airlines
15 - SWISS International Air Lines
16 - China Airlines
17 - Thai Airways
18 - Air France
19 - Virgin Atlantic
20 - China Southern Airlines

Melhor Premium Economy

Aqui a Air New Zealand e a Qantas mantiveram suas posições. A Lufthansa cedeu o 3o lugar para a Singapore Airlines. A Aeroflot saiu do 9o para o 6o lugar.

Saíram da lista a Vietnam Airlines, a LOT Polish e a China Southern. Em seus lugares, entraram a Iberia, a AA e a SAS Scandinavian.

1 - Air New Zealand
2 - Qantas Airways
3 - Singapore Airlines
4 - Lufthansa
5 - Air France
6 - Aeroflot
7 - EVA Air
8 - Japan Airlines
9 - Virgin Australia
10 - China Airlines
11 - ANA All Nippon Airways
12 - Air Canada
13 - Cathay Pacific Airways
14 - Virgin Atlantic
15 - Alitalia
16 - Austrian Airlines
17 - British Airways
18 - Iberia
19 - American Airlines
20 - SAS Scandinavian

Melhor Classe Econômica

Para o pessoal que viaja em econômica, fiquem de olho nas emissões com a Thai Airways, bicampeã na categoria.  A Singapore também subiu aqui: do 5o lugar em 2017, agora ela ficou com o 2o lugar. A JAL caiu do 6o para o 10o lugar. A Asiana também levou um tombo – do 3o lugar em 2017, a sul coreana ficou em 13o lugar.

Além disso saíram da lista a Bangkok Airways, que cedeu lugar para a KLM,  a Malaysia Airlines – no seu lugar entrou a China Southern e a  A Virgin Australian.

1 - Thai Airways
2 - Singapore Airlines
3 - Qatar Airways
4 - Emirates
5 - ANA All Nippon Airways
6 - Cathay Pacific
7 - Garuda Indonesia
8 - EVA Air
9 - Lufthansa
10 - Japan Airlines
11 - Hainan Airlines
12 - Qantas Airways
13 - Asiana Airlines
14 - Etihad Airways
15 - Austrian Airlines
16 - Turkish Airlines
17 - China Southern Airlines
18 - Saudi Arabian Airlines
19 - Air New Zealand
20 - KLM Dutch Airlines

A China Southern apareceu na lista da econômica, executiva e primeira classe. Ela abocanhou o prêmio de companhia aérea que mais melhorou em 2018. Mas é importante destacar que a empresa frequentemente entrou no rol das piores experiências dos blogueiros.

O OMAAT tem diversos posts sobre a China Southern, incluindo uma experiência que ele chama de “comicamente ruim” e que teve tremenda repercussão. Em 2016, o presidente da companhia escreveu um email para o Ben Schlappig afirmando que tomaria as providências para mudar os rumos do serviço prestado pela companhia (clique aqui para ler). Se realmente melhorou assim (eu não sei!), é de se aplaudir de pé.

Bem que  as companhias brasileiras poderiam seguir esse exemplo, né non? Quando eu e colegas blogueiros fazemos crítica, não é nada pessoal contra a empresa A, B ou C. É realmente uma avaliação de um serviço prestado e nada mais.

Apesar de algumas presenças esquisitíssimas, eu reafirmo que gosto dessas premiações porque elas me orientam na hora de escolher em qual companhia eu devo resgatar passagens com milhas. É muito útil mesmo, e eu consulto com frequência.

Para ver os vencedores Skytrax do ano passado, clique aqui.

Para ver a lista completa de toda a premiação do Skytrax 2018, clique aqui.